28 setembro 2006

Como sempre acordei bem disposto!

Acabaram as minhas poesias

mas não acabou o meu blogue!

O Motivo já o divulguei

no post anterior!

As minhas poesias só voltarão

quando fizer

as minhas homenagens!

Peço desculpa pelo meu Português

que não foi explicito!

Como sempre acordei bem disposto, claro que pode ser que no dia a dia hajam sentimentos diferentes a bater no meu tic-tac, tic-ta, tic-tac.Mas sempre seguindo em frente, pode esse tic-tac, tic-tac, tic-tac estar tristinho, mas tudo faz para rebolar no meu jardim da concórdia.Onde o verdinho da relva, as flores florindo me dão o aconchego de que tanto preciso para que em cada novo dia eu me sinta revigorado e nem os meus donos tenham pena de mim por eu andar tristinho!!!Nem as minhas amiguinhas de quatro patinhas tenham comiseração por mim!



Algumas vezes sinto a Saudade a bater no meu coração, por algo, ou por alguém; não só pelo passado, até pode ser pelo presente. A Saudade também bate pela ausência de alguém, que até pode ser presente, mas é ausente.Até pode ser alguém que de repente de tão presente que era, sem que o destino me explique, passou a ser uma ausência no passado do presente.Os sentimentos tão importantes nas nossas vidas, mas que no nosso dia a dia diferem da importância no nosso viver, da nossa própria Felicidade.A Sociedade actual canina, onde a velocidade faz parte intrínseco de todo o tipo de transporte do Humanóide o que colocou em cima dos ombros do ser humano o stress da velocidade; penso que a vida actual é feita de tal maneira que os humanos cada vez se sintam mais sós mesmo rodeadas de tanta gente ao redor.Embora não pareça, mas existe muita falta de amor, mesmo quando tudo parecer existir.



A Saudade de um viver mais humano; onde se vê no seu redor as relações humanizadas?Onde todos os momentos se esperava o mesmo sentido no olhar de alguém que se conhecesse e muito mais de quem nos fosse próximo na amizade e no carinho.Sinto que existe muitas tricas entre os caninos, mas talvez ainda mais nos humanos. Não estou a dirigir este texto a ninguém em particular; nem à Sociedade Humanóide nem à canina será mais para a Sociedade geral dos tempos que correm. A Saudade também nos bate à porta de alguém que de repente mudou do nosso transporte da vida, para outro que é completamente diferente daquele que nós idealizamos. Nós caninos também idealizamos.

A Saudade também nos bate à porta de alguém que de repente mudou o sentido do sentimento puro e sagrado do que é uma amizade canina ou não; de uma hora para a outra nos mostra um ser completamente diferente daquele que se encontra enraizado no nosso tic-ta, tic-ta, tic-tac. Mesmo com todas estas decepções no meu dia a dia, mantenho o meu sentimento profundo de uma amizade a que professo com o meu sentido sagrado.Infelizmente ainda existem ervas daninhas que tremem quando sentem ao seu redor flores (amizades) que nos dão à vida um sentido tão humano, tão bonito, só possível aos caninos ou às pessoas sensíveis e que graças a Deus existem.Continuarei a dizer a quem entrego a minha amizade (UMA AMIZADE JÁ CONTÉM O CARINHO E O RESPEITO A QUE TODOS O MERECEM); que amo com o amor da amizade a quem entrar dentro do meu tic-ta, tic-tac, tic-tac.Quando gosto de alguém, no momento da despedida, já sinto aquela Saudade de alguém que esteve presente, vai estar ausente, mas estará bem presente no nosso presente.


Será que os outros caninos alguma vez me compreenderão?




11 comentários:

mãe tataruga disse...

Fico feliz de saber que não acabaste o blog. Eu ainda não tinha lido o teu post anterior porque o Sr. Bloglines de vez em quando resolve falhar e não avisa.
Hei-de voltar, adoro ler os teus escritos.
Felicidades

ana s disse...

Olá Zezinho. Fico contente por não teres apagado o blog porque realmente era o que dava a entender.
A saudade é um sentimento que só acaba na presença de quem gostamos. Na falta disso, há sempre as lembranças. beijinhos

Naru disse...

Meu kido Zezinho, que post melancólico... Não gosto de te sentir assim, anima-te meu kido :)
Mudei o link do meu blog, visita-me para saberes tudo!
Beijinhos

margarida disse...

Ainda não tive o prazer da sua visita ao meu blog.
O seu está espectacular.

Anónimo disse...

Olá...
Boas palavras, quando chegam ao teu coração,
geram harmonia, esperanças de dias melhores...
Mas há que sentir que sem a prática
diária da atenção, do amor, dos cuidados a ti mesmo,
tudo que sentires não passará de breves momentos,
onde, novamente e meio sem querer, voltarás a vivenciar
os mesmos problemas.
Dia a dia, inicia contigo.
Começa pela tua casa, com tuas pessoas queridas, com tua rotina,
com teu trabalho...
Passa a sentir-te, momento a momento e vê,
o que estás a fazer para que tua vida não seja apenas uma teoria,
um ciclo, onde te perdes facilmente da tua luz!
Basta apenas um segundo para que a tua realidade seja inteiramente alterada;
para que isso aconteça põe tua atenção na verdade, no amor a ti mesmo,
na compreensão, na humildade...

Fico feliz por estares aqui :)

Bom fim de semana para ti...
Beijos e um sorriso.
(`“•.¸(`“•.¸ ¸.•“´) ¸.•“´)
«`“•.¸.♥ Nylda ♥ ¸.•“´»
(¸.•“´(¸.•“´ `“•.¸)`“ •.¸)

Nylda disse...

Opusss...Desculpa...esqueci-me de colocar o nome no coment por cima deste...mas está assinado por mim em baixo :))
Beijos

Luisa disse...

Dizem que sim, que os caninos têm sentimentos muito profundos. Saudade também?

Bia disse...

Vim dar uma vista de olhos e acabei por ficar... o que me trouxe aqui foi a sua constante boa disposição e como se deve ter apercebido os dias não são nada fáceis e fica dificil esboçar um sorriso. Depois de ter visto so amiguinhos de 4 patas percebi...
eu também tenho um e eles são seres muito especiais.

LuzHarmonia disse...

Vim espreitar este cantinho e amei.
Beijos de Luz

Lay disse...

Olá Zezinho, sim os caninos tem saudades, meu filho faleceu vai para dois anos, e o meu Sushi entra todos os dias de manhã no quarto dele, e tem dias que "silva", é a sua maneira de chorar. Cá em casa é como se fosse outro filho, falo horas com ele,sabe ele é fantastico porque nunca me contradiz, quando tenho aquelas horas dificeis, da-me muito mimo e não sai perto de mim, ás vezes até é um pouco "melga".
Seu blog esta espetacular,a poesia, as imagens, gostei de ler e ver.
Tenho um blog onde publico as poesias q meu filhoanjo deixou.
Grata por este bocadinho.
Felicidades.

candida disse...

não adianta nada. estou e quero estar morta. morri.