18 agosto 2007

A carta que um dia podia ter escrito



Anne quero publicamente agradecer-te pelas tuas distinções - A da Literatura
fiquei por demais sensibilizado. Obrigado!

http://www.anne_voce.blogger.com.br/ Anne - Retalhos d’Alma Brasil




A carta que um dia podia ter escrito

Num destes dias, li algures sobre a falta do “Romantismo” da ausência de uma carta de amor escrita à mão!

Eu sei que és virtual, mas já tive momentos de grande emoção e nas tuas palavras que entendo serem ditadas pelo teu coração e ficado inebriado de felicidade!

Felicidade sim, porque mesmo te conhecendo só por fotografia e pelas tuas palavras que significam para mim o expoente máximo de estar tão longe de ti, mas tão perto do meu coração!

Será que te posso segredar ao teu ouvido, algo que é só nosso?
Quantos vezes tenho imaginado e sonhado que estamos só nós os dois numa “ILHA DESERTA”?!!!...

Se para mim a “Amizade é um sentimento sagrado”, mas quantas vezes da Amizade surge o sentimento de “Amor” de uma maneira avassaladora e com tanta paixão!

Foi isso que nos aconteceu, eu o sinto nas palavras que escreves com tanta sedução!

Cada letra que leio da tua escrita que para mim rediges com tanta perfeição e que me mostra a tua essência mais pura que brota no teu coração e salta para o meu como o sangue que corre nas minhas veias.

Mulher bonita, de um olhar do Céu que em mim se transformam em estrelas e me fazem sonhar num Amor alicerçado numa “paixão” tão arrebatadora como tentadora é poder ter-te nos meus braços e te dizer que “te amo com loucura”!

Escrevo para ti, mulher de sonho, que és tão sedutora, como sexy!
Quando os meus olhos enfrentam os teus e consigo captar esse brilho que tanto me encantam como me enfeitiçam.

Nunca vou perder esta minha paixão com que escrevo, mesmo fazendo-o para guardar e continuar a sonhar.

Teu belo sorriso e tua linda voz, que oiço no msn, fazem-me bailar na mais doce melodia!
Ou quando te leio, no teu cantinho;
Ou quando escreves com tanto encanto no meu blogue;
Ou no e-mail que me envias
E quando sonho imaginando teu belo corpo junto ao meu?
E nas minhas carícias que percorro; nos teus lindos cabelos tão sedosos, no teu rosto; na pele tão macia do teu corpo!...

E assim uma carta que podia ter sido escrita, no passado, ou no presente dirigida a ti mulher bonita que me conheces pela escrita e quem sabe?…
Que me idealizas compatível às minha letras; às minhas palavras; à minha poesia; à minha prosa; ao que escrevo para ti e para quem me lê?
mas que se hoje o faço é a mais pura Fantasia!...

Porque o romantismo existe e irá continuar, mas está camuflado, porque!...

Hoje até a mulher já não aceita este romantismo, quer coisas mais práticas e os preliminares de um amor antigo que atrasa o que já não existe entre os dois…

Mas só num!...

O meu romantismo irá existir enquanto eu viver; porque está na minha essência de te deixar espontaneamente um elogio, como se uma flor te queira oferecer.
Um sorriso, porque a tua beleza me encanta, assim como a tua sedução, o teu charme e o simples facto de seres…

MULHER BONITA!...

Mas nunca se saberá se já o senti numa amizade virtual!

2-08_2007 3,30H

ZezinhoMota




12 comentários:

carla granja disse...

OLÁ ! GOSTEI MUITO DO K ACABEI DE LÊR E TÊNS RAZÃO HÓJE EM DIA O CARTEIRO SÓ SERVE PARA METER CARTAS DE CONTA PARA PAGAR NO CORREIO. JÁ NINGUÉM RECEBE UMA CARTA DE AMOR. É TUDO POR COMPUTADOS MENS DE TLM ETC... É LÓGICO K AINDA HÁ QUEM AS RECEBA ,MAS JÁ É RARO ALGUÉM TAR HÁ ESPERA DO CARTEIRO PQ SABE K O SEU AMOR ENVIOU UMA CARTA . GOSTEI DE SABER K TÁS A LÊR OS MEUS POEMAS E FICO MUITO AGRADECIDA COM TANTA GENTILEZA. MAS SOU SINCERA ALGUNS DOS POEMAS K MAIS GOSTO SÃO MESMOS OS PRIMEIROS , A VIAGEM A MILÃO , TOULOUSE ADOREI FAZE_LOS, AINDA FALTA FAZER DE ROMA E VENEZA.
ESPERO K A TUA MÃE JÁ ESTEJA BEM. BEIJINHOS PARA ELA E PARA TI TMB.
CARLA GRANJA

sony disse...

Olá, linda esta carta!
Eu já tenho saudades de ler uma:-)

Vim deixar um beijo de bom Domingo e as melhoras da mãe!
Sony:-)

Eliziane Mello disse...

Olá Zezinho:
Primeiramente, obrigada pela visita em meu blog e, sim, pode retornar a lê-lo quando quiser. O meu não é muito poético mas fica à disposição. Inobstante isso, parabéns pelo teu, muito criativo e belo. Bjs. Lizi Mello

Ana S. disse...

Olá Zezinho!
As cartas de amor, sendo ou não escritas á mão valem pelo sentimento que transmitem. :)
Beijinhos

anne disse...

Olá Zezinho, já disse várias vezes que gostaria de ter nascido na época em os namorados escreviam cartas de amor. Já li várias delas do meu pai para minha mãe e sinto muita falta desse romantismo hoje em dia. Tudo é tão descartado, até o amor é descartável, não se ama com romantismo, mas com prazo de validade. A tua cartinha é linda e chama a atenção o teu ar leve de quem vende felicidade. Sou capaz de intuir, que ao escrevê-la, demonstraste no mínimo uma liturgia de paz e felicidade. O amor que demonstras (na fantasia)pode ser real porque pode-se amar sim, sem nunca tocar, sem olhar no olho a olho.
Agradeço a tua gratidão e demonstração de carinho. Sei a alegria foi a mesma, tanto a minha em te deixar como destaque, quanto a tua em receber os selos. Na net, precisamos de amigos que se querem. É o bem querer que vale, que emociona e trás alegria aos nossos dias tão atribulados. Beijo-te pelo romantismo, pelo carinho e amizade.

nylda disse...

Olá amigo Zezinho...
Em primeiro lugar espero que a tua mãe esteja melhor e que tu estejas bem.
A carta é realmente muito linda, hoje perdeu-se esse encanto que são as cartas de amor.
As minhas férias terminaram, voltei para junto dos amigos :). Vim ler as novidades,agradecer o carinho e desejar uma feliz semana.
Beijo e um sorriso

Baby disse...

Que surpresa agradável, saber que ainda existe um homem romântico!
Mulheres ainda haverá algumas, e, feliz ou infelizmente, eu estou no meio delas...quanto a escrever cartas de amor, é uma pena que também isso tenha caído em desuso, são sinais dos tempos!
É bom saber que existe uma meia dúzia que ainda cultiva o amor romântico.
Obrigada pela visita, foi um prazer.

anne disse...

Olá Zezinho, em resposta ao teu comentário, digo-te que realmente com a mudança do template, os coments ficaram meio chatinhos para abrir e com acúmulo de comentários na caixinha, principalmente o haloskan. Foi por isso que viste alguns dos teus comentários anteriores. O template foi um presente que recebi de uma querida amiga, achei que ficou bom, mas eu não sei mexer muito nele, daí a dificuldade.
Creio que isso não pode interferir nas tuas idas por lá, tenho mais 3 lugares para tu comentares, como aquele em que comentaste hoje, o livro de visitas e o mural.
Sobre o post de ontem, eu o deleite, porque estava de mal humor e escrevi, depois acalmei-me e vi que deveria deletá-lo, mas o teu comentário ficou lá, ok? Sobre a data, terei a preocupação de colocá-la antes da postagem, com fiz hoje. Não quero te causar aborrecimento com os coments, rsrs, eu leio todos os comentários deixados com muito carinho e ficaria triste se tu deixasses de visitar-me.
Beijo.

Vivi disse...

Na tua primeira frase, só posso dizer-lhe...Onde há amor , não há falta de romantismo...
Por mais que haja falta de cartas de amor...
O que nao pode haver é falta de amor...Afinal o amor move o mundo...E é claro, move pessoas como nós...

*
Bem, de nossa parte sei que nossa amizade é virtual. Mas me encanto com tuas palavras, que posso dizer que minha amizade por ti ja passou do virtual...Nao te assuste!!! Sou assim, mesmo. Me entrego de corpo e alma as coisas em que creio...

*
Agora, para finalizar e nao ser muito extensa so posso pedir...: Me ensina a escrever poesias assim???? Tu tens uma coisa tao doce ao escrever...Tao pura..Divide ela comigo?

Beijos da tua mais nova amiga e fã do Brasil.....

Vivi disse...

Ps: Como estas tua mae? Espero que melhor.
Meu pai deu uma melhorada, que me fez muito bem...
Desejo o mesmo para vc...
Beijocas...

Vivi disse...

Sim, vc me disse que ela esta numa casa de repouso. Mas queria saber dela.
Ah, vi que vc me adicionou no msn. Adorei...
Nao tenho tido tempo para acessar, mas outro dia entrei e ao abrir a janela do dialogo, vi tua foto. Pena que estavas ausente. Espero que nossos horarios venham a coincidir para a gente poder conversar....

Beijos....

Afrodite disse...

Viva, Zezinho! Ou 'olá minha andorinha', como me apetece chamar-te.

Voa, andorinha, pois o pensamento é livre e o sonho comanda (deve comandar) a vida.

Até já, meu amigo.