29 setembro 2007

Amar...





Amar…

Amar…
É tão simples assim
Quando o coração se entrega
E não pede nada em troca…

Ama…
E deixa o amor seguir
Em profusão…
De sentimentos…
sem fim!...

29-09-2007 00,50h

ZezinhoMota



21 comentários:

Luisa disse...

Bonito poema mas eu, no amar, exijo também amor em troca.

©õllyß®y disse...

Amor que seja aqui sempre presente...

Doce beijo, amigo

Moura ao Luar disse...

Amar não é fácil... por mais que nos possamos dar ao outro. Beijo

era uma vez... disse...

Zezinho,
Vim dar-te um beijo enorme e dizer-te que voltei mas com outro link, sou eu a Silvia:P
Jinho enorme.

anne disse...

Olá amigo, amar é bom demais e ser correspondido é o céu, assim, os dois podem crescer juntos e o prazer será a dois.
Espero que o amor seja uma constante na tua vida, para que ela seja luminosa sempre. Agradeço de coração a tua amizade e carinho. Bjussssssssss. Todos!

Patricia disse...

um poema muito bonito, sim senhor!

Baby disse...

"Quando o amor se entrega e não pede nada em troca"?? mas qual é o amor que não quer nada em troca?

Zezinho, tu és um sonhador e alguém muito especial,se consegues amar assim...

Deijo-te um beijinho.

Paula disse...

Sim Amigo, dizem que o Amor verdadeiro não pede retorno. Mas será assim?!

A mim não me chega Migo, preciso sentir-me amada por quem amo.

Bjinho doce querido

Soraia helena disse...

Oi meu anjo!!
Faz tempo q naum te faço uma visitinha neh???
Desejo a vc uma semana abençoada pelo carinha lá de cima...Carinhoso beijo!

mary90 disse...

Bonito poema de amor.
E bonito blog, que só agora conheci, parabéns ao autor do mesmo.

carla granja disse...

olá meu amigo! agora já consigo entrar no teu blog :) e k lindas flores k deixas pa envolver com o lindo poema de amor k deixas. amar é sempre um bom tema para todos os poemas de amor:) se kiseres vêm lêr o meu mais recente.
bjo
carla granja

B@R@T@ TONT@ disse...

ah, que bonito...desde que vim ter a este mundo terrestre é a 1ª vez que vejo um sítio assim...
Flores, poesia...Sabes que nós, sereias, cultivamos a música, a poesia, a dança e a pintura.
O belo é o nosso mundo.
Este vosso é estranho e difícil de entender, mas cá vou andando com estas curtas patinhas e este feio corpo...
Bons mergulhos

carla granja disse...

entao meu amigo! agora k ja consigo entrar no teu blog .não tens novidades ? :) tenho um poema mais doce pa se kiseres vir ler
bjo
carla granja

A. Jorge disse...

Pequeno mas belo!

Abraço

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/

impulsos disse...

Um dar sem nada pedir...
Mas não deixando de ser uma troca.
Uma partilha em comum, de almas que se gostam e tudo fazem para se entregarem de corpo e alma.

Beijo

Vivi disse...

Olá amigo
Passei so para te deixar um abraço bem grande e um bj no coração...
Até

mixtu disse...

...sem fim,
amar é cumplicidade sem fim...

poesia

abrazo europeo

Paula disse...

Tão pequena e tão bela poesia, não sei como vc consegue sempre passar pra nós esses sentimentos tão puros e cheios de emoções. Saudades meu amigo querido, agora que consegui recuperar a senha do meu blog acredita?? rs

Beijosssssss

♥≈Nღdir≈♥ disse...

amar no infinito do teu olhar...
bjx

Lapa disse...

قمة عالمية البرتغا الكاتب cristovao دي اغيار.

وهو ، أيضا ، وترجمت الى اللغة البرتغاليه ثروه الامم من آدم سميث.

وقد منح العديد من الجوائز.

لا تنسوا اسم هذا الكاتب العظيم ، يمكنك الاستماع اليه قريبا.

اشكركم على انفاق الوقت في الثقافة العالمية.

شكرا للزيارة

NEW LITERARY BLOG

carla granja disse...

oh meu amigo! o que te aconteceu? nao escrevas mais ,escreve só quando tiveres bem :( eu fiquei sem net na sexta passada e só ontem é k consegui ter net. ando a visitar todos aos poucos ,mas nao me ia esquecer de ti:( amigo tem cuidado contigo e te cuida para logo ficares bem e entao contares com calma o k te aconteceu. as melhoras bem rapidas é o k te desejo . vou voltar pa te deixar sempre as melhoras-
bjo
carla granja