23 setembro 2007

Chega o Outono!




É o Outono que chegou


É o Outono que chegou
na folha que caiu e o vento a levou…

E assim de criança acabado de nascer
em velhinho se transformou
numa vida que não viveu
que sem saber como, assim morreu…

Foi bebé, criança, jovem e adolescente
foi pai, foi avô numa vida que amou
e quando se julgou gente
simplesmente chegou ao fim, tudo acabou.

Sem amor, sem amizade, sozinho e abandonado!

Como a folha do Outono
que caiu e com o vento voou
sem destino certo
que para sempre a levou!


23-09-2007 2,55h

ZezinhoMota







22 comentários:

Patricia disse...

Realmente é muito triste quando isso acontece, acabar sozinho, mas esta homenagem é imortal!!

Bjokas*(-_-)*

Carla Santos disse...

é triste mas parabéns porque está bonito
faz-nos pensar e repensar
beijos da carla :)*

Parvinha da Silva disse...

comovente e inquietantemente bonito.

Grilinha disse...

Outonoo é a estação que menos gosto.

O cair da folha faz-me sentir triste e com uma solidão imensa.

Faz-me falta o sol e o céu azul com os passarinhos a cantar.

Um beijinho

Erva Daninha disse...

Ser ou não ser, eis a questão
Trevo ou daninha ,erva na mão
Anda , vem ver a minha plantação
Depois me dizes se gostas ou não
Aperto de mão

Vivi disse...

Enquanto falas de outono, aqui a primavera estar por chegar....
e de certa forma, deixa tudo mais belo....


Ja estou melhor...agora so preciso me atualizar nos blogs e emails...rs
Bjus e otima semana.

Vivi disse...

anjo...
so para avisar, a carla granja esta tentanto abrir teu blog mas nao consegue...
Mas pediu para te lembrar, que nao te esqueceu...bjus

mixtu disse...

o outono

a época ed ver o que se tem e o que se não tem

vendo bem... tem.se muito

abraço europeo

su disse...

Vivemos a Vida como as estações do Ano...mas cada uma delas tem a sua beleza específica.

Poema bonito, apesar do seu final.
Beijos da Teia.

A. Jorge disse...

Infelizmente acontece muito a muita gente!
Belo poema!

Abraço

Jorge

http://vagabundices.wordpress.com/

Vivi disse...

Oie
Nos falando em primavera e outono..
e aqui...acredite: ta um frio danado..e chuva....
tempo doido o nosso....

bjusssssssss

(obrigada por cada uma das suas palavras...cada comentario...Sabes, gosto de me ver pelos teus olhos ou palavras...me sinto ate mais bela...)

Bichodeconta disse...

Não podemos fechar os olhos a esta realidade.. A solidão mata.. não podemos voltar as costas ás pessoas de idade, elas são enciclopédias á nossa disposição, basta que saibamos le-las e absorver a sua sabedoria..um abraço, ell

carla granja disse...

amigo! espero k nao estejas zangado comigo ,mas nao tenho conseguido entrar em teu blog,agora vi o teu comentario no meu primeiro poema do piano e cliquei no nome e consegui entrar:) não tenho conseguido,eu sei k a vivian te deu o meu recado. sempre k eu entro a tua página têm fechado e têm acontecido em outros blogs , nao sei pq. agora consegui:) me desculpa ,mas é por isso k nao tenho cá vindo. se acontecer de novo já sabes o pq:)
bjo
tou feliz por ter conseguido entrar
carla granja

MalucaResponsavel disse...

Boa analogia... :) eu é q n estou mt boa para comentários. bj

Moura ao Luar disse...

Adoro as folhas caidas... pisá-las e ouvir aquele som outonal... beijo

Isa&Luis disse...

Olá amigo Querido!

As folhas ao cair, evocam a brevidade dos nossos dias. O outono das pinceladas de azul-água, a coloração acinzenta do céu e a timidez e sofrimento das árvores despidas, imploram-nos uma introspecção e reflexão sobre este viver cíclico, sempre em transformação e numa velocidade alucinante. (A.Canotilho)


Amanhã é dia de festa no virtualrealidade(dois anos de felicidade) vem participar da nossa alegria.

Beijinho

Isa

♥≈Nღdir≈♥ disse...

Continuo em recuperação da cirurgia que sofri, mas mais calma agora que regressei a casa após ter estado 2 semanas ausente.
Ainda me encontro um pouco atordoada, mas aos poucos vou regressando, hoje ao retornar ainda me fogem as palavras… por isso desejo apenas um bom fim de semana
••. ¸.♥ Beijos ♥ ¸.• ♥≈Nღdir≈♥

Freyja disse...

hermoso como siempre amigo, pero esta triste
gracias por tus lindos saludos y tu compañia
muchos cariños y que estes muy bien
que sea un lindo otoño
besitos


besos y sueños

carla granja disse...

bom parece k agora já tou a conseguir entrar:) e para a despedida do verao e pq hje ainda teve calor,deixo um poema refrescante e espero k o venhas lêr.
bjo
carla granja

-›¦‹-Sombras-›¦‹- disse...

Lindo poema, mas triste! E nem sempre a vida é um Outono constante... Querido Zezinho, espero que tudo esteja bem contigo e que, dentro de ti, constinues a almejar a chegada de muitas primaveras que para ti ainda hão-de vir.
Beijinhos, mil

*©õllyß®y disse...

Outono que se despe, e se renova...

Doce beijo

Patricia disse...

Correndo o risco de me tornar repetitiva, eu adorei!!!

beijos