04 agosto 2008



Da minha janela vejo meu jardim


Da minha janela vejo meu jardim
De muitas e variadas flores!

Desde o cravo, a rosa,
A tulipa, o jasmim e o lírio do campo!

Lindas, perfumadas, são uns amores!

E quando o sol irradia
Com o seu manto de luz e calor
Sobre todas as flores!

Como por artes mágicas da natureza
Aparece um lindo arco-íris
Que forma um trilho
Do meu jardim até ao Céu azul.

No meu imaginário
Vejo os meus anjos da guarda
Que são alguns e que me protegem
Com vestes azuis, o branco e o amarelo!

Uns a chegarem e outros a partirem
Como se estivessem a substituir-se.

Esta minha janela
Foi feita com a varinha do condão
De uma linda fada que ma ofereceu…

E assim na minha vivência
Pudesse ter os momentos mágicos
Para alegrar este meu caminhar!


Maio 2003

ZezinhoMota



...............Imagens retiradas do photo.net - by Jacqueline Roberts


........................................33931

7 comentários:

lena disse...

precisei de passear no teu jardim e ver o sorriso das flores em cada palavra tua da poesia

um beijo Zézinho

lena

Freyja disse...

Querido amigo
que bello son tus versos, eres un gran poeta
la poesia es bella para el alma
te dejo muchos cariños y que estes muy bien
gracias por tus saludos amigo y por estar cerca
mil besitos y que estes muy bien

besos y sueños

Patricia disse...

la descripcion e como un "paraiso", seu paraiso...el jardim do Efen...con muitas flores e aromas...
Beijinhos

Sílvia disse...

Então Zezinho, que tal as férias? As minhas já se foram... :( www.sunshine.blogs.sapo.pt

Musician disse...

Uma paz vir aqui ao teu blog!
As palavras, as imagens, a música...uma ternura, como tu!

Um beijinho e bom fim de semana!*

Perla disse...

Imaginei-me nesse teu delicioso jardim! Rodeada dessas flores... e com esse som de fundo... divino!

Parapeito disse...

E que haja sempre jardins assim (encantados)e que a Magia renasça todos os dias

****